sexta-feira, 2 de abril de 2010

Luxo tropical


Saí cedo de casa para fazer minhas compras de Páscoa no hortomercado aqui perto:  frutas, cogumelos, ovos caipiras e verduras frescas. De quebra, uma pequena orquídea cultivada na região. Um verdadeiro luxo tropical.

Toda sexta-feira de manhã vou até lá reabastecer a casa e alimentar meu coração brasileiro. Adoro ir ao hortomercado. Tem jeito de Brasil bom, cheiro de terra e gosto de comida feita em casa.

A conversa ao redor das bancas fartas, com tantos produtos frescos e coloridos, me dão a sensação de que o nosso planeta azul (incrível!) despertou em paz:



"Bom dia! Hoje as batatas baroas estão bem bonitas!" 

"A senhora não quer provar um gominho dessa tangerina? Está uma delícia!" 


"Vai querer pastel de quê? Só um minutinho, que já está saindo um bem quentinho..."




"Hoje os caquis estão ainda mais doces do que na semana passada!"

"Se não tiver dinheiro trocado, não tem importância: a senhora me paga na semana que vem."


Gente boa e trabalhadora, que nunca aparece nas manchetes dos jornais, mas que faz parte do meu cotidiano e do Brasil mais concreto e bonito que eu conheço.

Um comentário:

Maria Elizabeth disse...

Quando você escreve, parece que estamos juntas vendo estas maravilhas e os feirante oferecendo tudo com um garnde sorriso apesar de acordar de madrugada e andar quilometros para trazer frutas, verdura, legumes e alegria para os fregûeses. beijos